Cachorros de Bikini

Não é um blog sobre cachorros e bikinis

Fogos!

Mais uma vez chegamos ao 24 de Junho, dia de São João, uma das maiores festividades deste lado do universo e de longe uma das minhas épocas preferidas do ano. E talvez os maiores protagonistas desse festejo todo  sejam os fogos de artifício.

Quando pensamos em fogos de artifício nos vem à mente aquela coisa bonita inventada pelos chineses, que nos deixa encantados com tamanha beleza ao iluminar o céu com suas cores diversas e efeitos variados. Tirando uma ou outra exceção, na prática os fogos fazem barulho e só. Os fogos mais elaborados são muito caros ou apresentam um potencial destrutivo muito baixo, por isso são sumariamente ignorados ou comprados em pequena quantidade. Afinal a principal função dos fogos é ajudar a simular um conflito armado.

Quando Junho chega um instinto coletivo desperta nas pessoas. Não acontece com todo mundo, mas uma boa quantidade de gente começa a sentir uma necessidade extrema de comprar artefatos pirotecnicoexplosivos com formas e potências variadas para criar as mais ruidosas explosões no dia do principal santo do mês seis, de modo que o barulho da noite do dia 23 poderia ser usada como efeito sonoro de algum filme de guerra. Bombas grandes, pequenas, palitinhos, traques de massa, espirros de bode, peidos de véia são alguns dos nomes dados aos pipocos de São João. Obviamente existem os foguetes e rojões que figuram o céu nublado do dia 23, normalmente com algumas poucas cores e bastante barulho.

    Tais artefatos normalmente são trazidos pelos mais peculiares comerciantes e estabelecimentos. Não preciso nem dizer que algumas muitas normas de segurança são ignoradas e que boa parte dos comerciantes não está capacitado para vender artefatos inflamáveis e explosivos, vide as instruções capengas que eles costumam dar ao questionados sobre o manuseio de fogos mais elaborados e a propaganda que eles fazem dos produtos com frases do tipo “esse aqui um menino usou pra explodir o banheiro de uma escola lá em Jaboatão”.

Pra mim os fogos são parte do tempero que dão o gosto de infância pro São João. Dependendo do ano é possível andar na rua e sentir o cheiro de pólvora desde o final de maio, cheiro que me avisa que essa época boa do ano tá chegando.

Compartilhe esse canino em traje de banho

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Anteriores

Post Polêmico

Próximo

Contos de Segunda #48

  1. Bernardete

    É uma pena que acontecem muitos acidente, mas é típico da época,fazer o quê,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén